Marcadores

sexta-feira, agosto 06, 2010

Criança e música


Essas mãos tão miúdas,
Mal seguram um violão,
Viola de cordas desafinadas,
Nas mãozinhas surge uma canção.
Tocadas à frente de seus heróis,
Revela a mais bela canção existente,
Onde se toca de cifras originais,
Cifras que não se guardam a mente,
Sons feitos propositalmente
Talvez não exista em seu mundo,
São sons feito sob encomenda,
Para aquela criança que sente tudo.

4 comentários:

  1. Nossa além de desenhar super bem também escreve olha só ta muito muito bom mesmo Parabéns ;DD
    Beijoo

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog!
    Textos que transmitem sensibilidade e leveza.

    Obrigada pela visita ao meu blog.
    Aquele texto, assim como a maioria, fala das minhas angústias e inquietações em relação às coisas. A faculdade de história é muito boa, amplia muito nossos horizontes e nossa visão crítica. O que você aprende interfere não só no modo como você vê as coisas, mas como se vê e se posiciona no mundo. Se você realmente gosta, vale muito a pena. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Realmente muito bom!

    Pelo que andei lendo aqui no seu blog você guarda consigo esse espírito infantil; curioso e despreocupado... o jeito que você passa isso nesse texto. As crianças e a falta de regras, buscando fazer aquilo que gostam enquanto não enfiam na cabeça delas essa idéia errada sobre o que é errado.

    Não é apenas um amontoado de palavras. Quem escreveu isso sentiu calafrios de esperança.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, muito obrigada pelos comentários, e digo que a vida tem que ser levada com a inocência de uma criança, pois a seriedade tira o gosto da coisas boas da vida.
    Bjs

    ResponderExcluir